Roberto Carlos - Quero que Vá tudo Pro Inferno

_JP1jNmlPEg

"Quero que vá tudo pro inferno" é um clássico do Rei Roberto Carlos lançado em 1965, no álbum que leva o nome de seu programa de TV na época: Jovem Guarda. A composição é do Rei e de seu amigo de fé, irmão, camarada, Erasmo "Tremendão" Carlos -  a música mais lembrada quando o assunto é inverno ou inferno.  

Ouvindo outras músicas que também falam de frio é notável como ele é usado no sentido da desilusão amorosa, do inverno dentro da gente. Escolhi essa do Roberto porque ela nunca tinha aparecido por aqui, por se tratar de um clássico e pela pergunta que abre a composição: De que vale o céu azul e o sol sempre a brilhar?

Para quem ama e não é amado... não vale nada.

Mas para quem mora em Curitiba e só está com frio, vale um bocado de calor e a alegria de ver um bonito dia.

Mas o tema da música é o amor, e não a temperatura. Pensando nisso escolhi esta versão em preto-e-branco e não essa outra, colorida e com orquestra. Aqui o Rei combina mais com a fossa, com a amargura que diz sentir na letra da música. A colorida é mais radiante não só pelas cores, mas também pelo arranjo, enfraquecendo o apelo do desabafo. 

É inverno - lá fora ou aqui dentro. O sol é apenas um ornamento feliz para quem não sente seu calor.    
 

Não sabe onde ir hoje?

Praça Generoso Marques Centro
Curitiba , PR

Paço da Liberdade

Construído no início do século XX e após ter sido a sede do gabinete de 42 prefeitos e do Museu Paranaense, o prédio da antiga Prefeitura de Curitiba foi restaurado pelo Sistema Fecomércio Sesc Senac e passa a abrigar a...
(41) 3234-4200
Avaliação:
Total de votos: 2900