Rita Pavone - Datemi Un Martello

u6PpPqbR4YU

O vídeo de hj foi sugerido ontem, durante a primeira de quatro mesas-redondas que formam a programação do 1º ciclo de estudos da cena, da dramaturgia e do movimento entre tradição e contemporaneidade. O ciclo acontece até sexta-feira (17/06) no Miniauditório do Teatro Guaíra. A entrada é franca.

Ontem o tema foi "Aspectos da criação coreográfica: a dramaturgia do corpo, a cena e a tecnologia", e contou com a presença de Nirvana Marinho (PUC/SP) e Cinthia Kunifas (FAP/PR), com mediação de Cristine Wosniak (FAP/UFPR/CTBA), que ao final das colocações das componentes, lançou a seguinte pergunta:

Pode a dança ser parada? Ou: Qual a "parada" da dança contemporânea?

Nirvana respondeu que a parada é a captura do momento seguida da intempestividade, a frustração contínua do eterno delay que o entendimento sofre ao se confrontar com a performance.

Antes, sobre o recorte feito pelo artista ao construir uma obra, Cinthia falou sobre uma tradição atualizada através de um questionamento dentro do outro: Qual pergunta será feita para a tradição?

As respostas não foram dadas - no entendimento só resta o rastro -, fato apontado pela própria mesa. O objetivo é que as ideias martelem, ressoem como o ferro no ferro.

Escrito isso, lembro da música desse post, Datemi Un Martello, de Rita Pavone, "descoberta arqueológica" feita no youtube por um senhor presente na platéia - afinal, a discussão era também tecnológica.

Ele fez duas sugestões: queria ouvir falar de dança, mas com dança falando de dança; a segunda foi esse vídeo - pedido realizado para finalizar o debate. Ele apontou a gestualidade de Rita no vídeo. Quase entendi a colocação... mas achei corajosa. Então vamos de Rita Pavone, martelando a cabeça de quem não vai na dela.

Ah!

Mesa de hoje: Aspectos da criação teatral: a voz na leitura socializada e na cena teatral, com Mônica Montenegro (EAD/USP-SP) e Flávio Stein (Pesquisador do PPGL/UFPR-CTBA), com mediação de Suely Araújo (CiaSenhas/FAP-CTBA) - 19h30, Miniauditório do Guaíra.    

       

  
    

Não sabe onde ir hoje?

Rua Treze de Maio, 160 Centro
Curitiba , PR

Teatro Barracão EnCena

O Teatro Barracão EnCena teve sua inauguração no dia 21 de março de 2007. É um espaço cultural planejado para atender à grande demanda por espaços de porte médio, principalmente de produtores locais. Com projeto...
(41) 3223-5517
Avaliação:
Total de votos: 1041