Richa anuncia revitalização do Teatro Guaíra

Richa anuncia revitalização do Teatro Guaíra

O governador Beto Richa afirmou no sábado (31.03) que o Teatro Guaíra, em Curitiba, passará por uma ampla revitalização. Ele disse que a abertura do processo licitatório já está autorizada. O anúncio foi feito durante a inauguração de um monumento em homenagem à atriz paranaense Lala Schneider, que morreu em 2007. A peça foi instalada na praça Santos Andrade, em frente ao Guaíra.

Richa disse que o Guaíra é um dos grandes símbolos da cultura do Paraná que há décadas aguarda uma revitalização completa. “O governo reconhece a importância do Guaíra. Queremos promover uma reforma completa deste importante espaço cultural”, disse Beto Richa.

A diretora do Teatro Guaira, Mônica Rischbieter, comemorou o anúncio do governador. “Desde que o teatro foi inaugurado foram feitas muitas reformas, mas todas sem projetos. Agora chegou a hora de uma reforma mais ampla. Vamos deixar ele novinho”, garantiu Mônica.

Ao lado do prefeito Luciano Ducci, Richa disse que Lala Schneider deu grande contribuição para a cultura do Paraná e recebe uma justa homenagem. “Esse monumento, com o sorriso estampado no rosto, uma das marcas registradas da atriz, é um reconhecimento. Ela ficará eternizada em frente ao Guaíra”, disse o governador. Para ele, a artista dedicou a vida ao teatro e é uma personalidade nacional.

Richa destacou que nos 57 anos de carreira Lala Schneider inspirou atores e atrizes curitibanos que estão nos palcos do Brasil. “Ela levou nossa cultura para o Brasil. Devemos muito a atuação de Lala”, disse. Para o prefeito Luciano Ducci, a homenagem é um agradecimento de Curitiba ao trabalho da atriz e a todos os profissionais que trabalham na produção teatral da capital.

O secretário de Estado da Cultura, Paulino Viapiana, também elogiou a iniciativa da homenagem em razão da dedicação da atriz em prol da cultura paranaense. “Ela é a mãe do nosso teatro e formou gerações de atores e atrizes. Representou o Paraná em todo o Brasil como poucos”, afirmou o secretário.
O monumento à atriz foi feito pelos artistas Alfi Vivern e Maria Inês Di Bella. A obra revela o rosto da atriz em forma de máscara, que sai de um bloco de granito e se transforma em uma estrela. “A máscara capta a emoção da atriz que conquistou plateias no teatro, na televisão e no cinema”, reforçou Viapiana.

Nascida em 23 de abril de 1926, em Irati, Lala Schneider subiu pela primeira vez ao palco em 1950, na peça “o Poder do Amor”, no Teatro Sesi. Atriz de teatro, televisão, cinema, diretora e professora de interpretação, Lala figurou entre as melhores atrizes do Brasil. “Ela tem um significado muito forte para o teatro paranaense”, disse o diretor do teatro que leva o nome da atriz, João Luiz Fiani. Segundo ele, Lala desejava um monumento diante do Guaíra. “O pedido foi feito a Beto Richa que de imediato aceitou a proposta. Hoje ela está eternizada como uma guardiã do Guaíra”.

As sobrinhas da atriz, Esmeralda Chain e Valderes Silveira, acreditam que a homenagem deixou Lala muito feliz. “Todo o trabalho e a dedicação estão sendo reconhecidos por esta justa homenagem que reuniu inúmeros amigos que conquistou durante toda a vida. Acreditamos que ela deve estar deslumbrada, pois amava o teatro”.

Fonte: AENotícias

Não sabe onde ir hoje?

Rua Trajano Reis, 443 Centro Histórico
Curitiba , PR

Restaurante Alberto Massuda

Alberto Massuda Nascido no Cairo, Egito, em 1925, Alberto Massuda veio com 33 anos para o Brasil e fixou residência em Curitiba. Em 1958 naturalizou-se brasileiro. Antes de sua chegada, cursou Belas Artes no Egito e...
(41) 3076-7202
Avaliação:
Seu voto foi 2. Total de votos: 7140