Paranaenses são destaque na coletânea Reversos

Paranaenses são destaque na coletânea Reversos

O site NegoDito.com apresenta sua ponte na necessária conexão entre a música e a poesia contemporânea. Uma conexão entre as artes. Nascido de amizades e vínculos criados a partir de shows e encontros no Apê80, ex-palco espontâneo e intempestivo do underground - ou, empiricamente, do upperground - do Baixo Augusta, o NegoDito chega ao aniversário de 1 ano com o anúncio de seu primeiro projeto. Canalizado a partir da veia poética e musical que o caracterizou, o Reversos - Instrumentalizando a Poesia reúne 26 músicos e 16 poetas que tiveram como missão produzir e fundir versos em canções inéditas. Um ensejo que une o contemporâneo da música e da poesia.

O disco virtual - com lançamento previsto para maio, via Facebook - é cantado por uma parcela importante da atual cena musical, compositores, cantores, cantoras e bandas das mais diversas regiões. Como os paulistas Pélico, Tatá Aeroplano (Cérebro Eletrônico), Renan Inquérito e Leo Cavalcanti, os cariocas Vinícius Castro e Bárbara Eugênia, o recifense Tibério Azul, os acreanos do Los Porongas, o paraense Saulo Duarte e o cearense Daniel Groove. Eles, e muitos outros, toparam musicar poesias publicadas na coluna Reversos, fazer dos versos com os quais se identificaram, canções.

Neste recorte espontâneo, o Paraná é seara de importantes sebes desta ideia. A começar pela peça dupla deste Reversos, Estrela Leminski. Filha de Paulo e Alice, autora da Ver S/A e do livro Poesia Não, Estrela teve três poesias musicadas - por Tatá Aeroplano, Thiago Galego e Krias de Kafka - e também musicou os versos do paulista Fabio Navarro com seu Música de Ruiz, parceria com Téo Ruiz.

Rodrigo Lemos, protagonista da cena musical curitibana, o homem por trás do Lemoskine, também o compositor, guitarrista e vocalista da saudosa e impressindível Poléxia e, recentemente, nos acordes d`A Banda Mais Bonita da Cidade logrou ser personagem importante. Ele musicaráa única poesia de Mariana Rossi, poetisa sorocabana que recentemente começou a publicar seus versos no Nego Dito.

A dupla formada em Curitiba por João Felix e Bernardo Bravo, o FelixBravo, que lança em breve o DVD de seu lindo disco de estreia, o Camafeu, conseguiu doar doçura e cadência aos versos duros e inoxidáveis de Filipe Garrett, paranense de Porto Amazonas.

Bruno Morais, compositor de Londrina, apontado por Folha de São Paulo e Estadão como um expoente da nova música produzida no Brasil, e que recentemente lançou o lindo Sorriso Dela com o Bixiga 70, parte de seus EP No Estúdio A.2. Bruno musicará uma, das únicas duas poesias que não são em português, nem de um poeta brasileiro. Os versos pesados de Insomnio y Palabrería, do escritor cubano Canek Guevara, ganharam sentido no violão deste paranaense.

De Umuarama vêm dois personagens deste Reversos. Nevilton, Prêmio Multishow 2011 com seu elogiado De Verdade, escolheu os versos maloqueristas do callejero poeta paulistano Giovani Baffô. Seu baixista, Tiago Lobão Inforzato, acreditou que este projeto era o momento certo para seu inédito intento solo. Para isso, aconchegou-se nos versos embebedados de Rafael Gregório.

Ponta Grossa, cidade que abriga a Universidade Estadual de Ponta Grossa, instituição que formou todos os fundadores do Nego Dito, não poderia ficar de fora. A banda A Coisa teve seu destino e estética guinado quando descobriu o trabalho de um conterrâneo e amigo, o poeta Kleber Bordinhão, autor do livro Distâncias do Mínimo. A jornalista Luana Angreves contou essa história em detalhes na matéria Quando A Coisa descobriu a poesia de Brodinhão. A canção ganhou destaque ao ser escolhida como Lado B do EP Reversos e protagonizar entre as primeiras composições que acabam de ser divulgadas. 

Junior Bellé, aparecido pro mundo no sudoeste do estado, cidade de Francisco Beltrão, é outro paranaense neste Reversos. Além de um dos fundadores do Nego Dito, escreveu os versos que derão origem as canções do paraense Saulo Duarte, do paulista Pélico, dos acreanos do Los Porongas e do cearense Daniel Groove. Este último logrou doar doçura e singeleza à cenas intensas de amor rebelde da poesia Teu Homem e tornou-se o Lado A do EP do Reversos. 

Apesar de ter sido concebido como um site de jornalismo cultural, voltado para cobrir a nova cena, o NegoDito acabou por se tornar parte dela e viu a produção artística tomar forma em suas páginas virtuais. O Reversos  é uma coluna gestada e parida para produção e difusão de poesia contemporânea, incentivo a novos poetas construírem-se como tais e publicarem sua expressão versejada. Ela surgiu da necessidade em traficar a poesia para todos os públicos, primeiramente a partir de textos da própria equipe e, posteriormente, com a colaboração de importantes escritores como Sérgio Vaz - o poeta da periferia, fundador e coordenador da Cooperifa - Giovani Baffô - poeta participante do coletivo paulistano Poesia Maloquerista - e Daniel de S’Acre - importante artista plástico e poeta acreano.

Assim, o Nego Dito oferece um material inédito dentro do cenário cultural brasileiro, forjado através de parcerias que doam um tanto dos holofotes dos acordes às letras, e do frescor das letras aos acordes.

Ouça o EP Reversos - Instrumentalizando a Poesia

Fonte: Nego Dito
 

Não sabe onde ir hoje?

Rua Mateus Leme, 2204 Bom Retiro
Curitiba , PR

John Bull Pub

O John Bull Pub foi inspirado nos pubs londrinos e tornou-se referência em rock'n'roll ao vivo em Curitiba. A casa possui três ambientes: parte central onde está o palco, com camarotes; jardim de inverno e porão para um...
(41) 3252-0706
Avaliação:
Seu voto foi 1. Total de votos: 4635