Nenhum Crime

Noite de segunda-feira, tempo ameno e céu aberto. A platéia se ajeita na arquibancada do prédio histórico da Universidade Federal do Paraná. Faltam quinze minutos para o espetáculo. Alguns professores, dezenas de alunos – quase uma centena de expectadores aguardam a peça Primeiro Crime, da companhia curitibana Subjétil.

No  guia do Festival informações desencontradas: 19h ou 20h? Do alto de um prédio o relógio marca 20h05, e no palco Santos Andrade nada de iluminação, objetos cênicos ou atores – apenas a cidade e seus personagens ordinários. A sinopse da peça estampa o papel com as palavras INVASÃO, INFILTRAÇÃO, RUAS, CIDADE, criando a expectativa de que a qualquer momento PÁ! – PÁ!, tiros, correria, um crime, o Primeiro Crime começaria.

Mendigos, a mulher com balões, hippies, engravatados... Todo transeunte é suspeito de ser um ator. A situação de crime estava latente, a região é propícia para tais suspeitas. A polícia ronda o local, desconfiada como todos que passam e olham as escadas lotadas. Alguns sentam na esperança de uma ocorrência cênica, outros continuam em busca das recorrentes cenas.

20h30 e nada. Os adolescentes da platéia se alvoroçam, impacientes. O professor olha o relógio, depois, ao redor. Nenhum indício. A aura do teatro se dissipava com o passar dos minutos, assim como a esperança de assistir ao espetáculo. Agora qualquer delito seria violento, qualquer disparo teria o peso do chumbo. Não mais arquibancada e palco: Escadaria e Praça. A realidade retomou o espaço, o crime foi não ter aproveitado o vacilo.    

Não sabe onde ir hoje?

Av. Manoel Ribas, 108 Alto São Francisco
Curitiba , PR

92º Underground Pub

RENDA-SE CURITIBA! O 92Graus está de volta e fervendo na pista.   Chegamos aos 20 anos de atividades, com aquela energia que todo jovem tem para seguir em frente, com bastante alegria e entusiasmo, divulgando e...
(41) 3045-0764
Avaliação:
Seu voto foi 3. Total de votos: 5882