Na mente psicótica

Permeando entre o dramático, o lírico e o narrativo, “Psicose 4h48”, obra mais experimental da dramaturga londrina Sarah Kane, expõe a alienação causada por remédios, desejos truncados e vozes que, como um fluxo de consciência, ou de inconsciência, falam sobre memórias e alucinações.

O sujeito da narrativa não linear é a mente psicótica, que por ser exposta, permite ao público nela se reconhecer. O enredo se passa mais na alma da personagem deprimida, à beira do suicídio, do que na clínica psiquiátrica que remete a cenografia de estética limpa.
    
Cheia de poesia, a dramaturgia tem como base a sonoridade das palavras e o silêncio. Devido à ausência de alguns elementos da dramaturgia convencional, como enredo, tempo linear e ação, a direção de Marcos Damaceno prioriza o tratamento do texto nas vozes dos atores, focando a atenção às palavras da obra e ao desempenho do elenco. A atriz Rosana Stavis contracena com Marcelo Bagnara, que interpreta o médico da sua personagem.
        
O discurso fragmentado e subjetivo questiona as noções de normalidade. A autora atravessou crises depressivas intensas. Sua doença foi agravada com o término de um relacionamento homossexual, meses antes do suicídio, em 1999. Aos 28 anos, ela se enforcou com os cadarços do tênis, no banheiro do hospital psiquiátrico onde estava internada.

Serviço
“Psicose 4h48”
Casa Damaceno - Rua 13 de maio, 991 – Centro
19, 20 e 24 a 27/03 às 19h30
R$14/R$7

Ficha Técnica
elenco: Rosana Stavis e Marcelo Bagnara
texto: Sarah Kane
direção: Marcos Damaceno
figurinista: Maureen Miranda
iluminação:  Nadja Naira
sonoplastia: Vadeco

(Fonte Marcos Damaceno Companhia de Teatro)

Não sabe onde ir hoje?

Rua Treze de Maio, 629 Largo da Ordem
Curitiba , PR

Teatro Lala Schneider

O Teatro Lala Schneider  é conhecido por seus espetáculos sempre lotados e também pelo curso de artes cênicas, que já revelou grandes nomes da cena nacional. O local é de iniciativa privada e foi fundado em 1994 pelo...
(41) 3232-4499
Avaliação:
Seu voto foi 4. Total de votos: 6131