Música barroca francesa no concerto da Camerata Antiqua

Música barroca francesa no concerto da Camerata Antiqua

Neste fim de semana, a Camerata Antiqua de Curitiba faz uma homenagem ao compositor Marc-Antoine Charpentier (1643 – 1704), com o concerto “Música Barroca Francesa”.Considerado um dos maiores compositores franceses de todos os tempos, Charpentier legou uma rica produção musical para igreja e teatro. “Um dos sinais mais significativos do grau de evolução de uma civilização talvez seja o reconhecimento de obras-primas inspiradoras que ao longo da história moldaram, com mais ou menos evidência, a identidade cultural de cada nação”, observa o maestro Quintana, especialmente convidado para esse concerto.  

O maestro também destaca que foi uma tarefa extremamente prazerosa selecionar as composições que integram o repertório, oferecendo uma visão da dimensão espiritual do autor, por meio de obras inspiradas na Virgem Maria. As três peças escolhidas retratam importantes momentos da liturgia mariana: Magnificat a 8 vozes H. 74 (Anunciação), Stabat Mater pour les religieuses H.13 (Maria no momento da crucificação de Jesus) e a Missa Assumpta est Maria H.11.

As composições permitem, ainda, evidenciar o talento dos integrantes da Camerata Antiqua de Curitiba. Em Magnificat a 8 vozes H. 7, os solos estarão a cargo de Darci Almeida e Ana Vargas (sopranos), Daniele Oliveira e Cissa Duboc (contraltos), Sidney Gomes e Marcos Brito (tenores) e Ademir Maurício e Fernando Klemann (baixos). Os solos de Stabat Mater pour les religieuses H.13, serão de Sílvia Suss Marques (soprano), Mirta Schmitt e Cissa Duboc (contraltos), Maico Sant’Anna e Marcos Brito (tenores) e Ademir Maurício (baixo). Na Missa Assumpta est Maria H.11, estão os solistas Luísa Fávero e Darci Almeida (sopranos), Alexandre Mousquer, Maico Sant’Anna e Sidney Gomes (tenores) e Ademir Maurício (baixo).

O regente – Juan Manuel Quintana nasceu em Buenos Aires (Argentina), em 1972, estudou viola da gamba com Ricardo Massun e, em 1991, foi para a Suíça aperfeiçoar técnicas musicais no Centro de Música Antiga de Genebra e na Schola Cantorum Basiliensis, além de estudar no Conservatório Superior de Paris (França). Apresentou-se nas salas mais importantes da Europa, Estados Unidos, América Latina e Japão, tendo participado de várias gravações para Archiv Produktion, Harmonia Mundi França, Glossa, Alia Vox, além de seus recitais terem sido gravados para diferentes rádios.

Desde 1999, tem realizado gravações para a Harmonia Mundi France, recebendo distinções da crítica especializada internacional. De 1999 a 2005, Quintana foi assistente de Marc Minkowski nas óperas de Paris, Aix en Provence, Viena e Zurich. Regeu numerosos projetos na Argentina e no exterior e, como solista, apresentou-se em renomadas salas de concertos da França, Portugal, Espanha e Alemanha. Atuando também como professor de viola da gamba no Conservatório Manuel de Falla de Buenos Aires, Quintana é convidado regularmente a ministrar cursos na Espanha, Chile e Brasil, sendo que, em 2009, foi agraciado com o prêmio Konex de platina, instituído pela Fundação Konex da Argentina para distinguir as personalidades que servem de exemplo para a juventude. 

Serviço

Apresentações da Camerata Antiqua de Curitiba, sob a regência do maestro argentino Juan Manuel Quintan
Dia 06 e 07/07, sexta-feira às 20h e sábado às 18h30
R$ 20 e R$ 10 (meia)
Capela Santa Maria – Espaço Cultural
Rua Conselheiro Laurindo, 273 – Centro

Fonte: Fundação Cultural de Curitiba

Não sabe onde ir hoje?

Praça Generoso Marques Centro
Curitiba , PR

Paço da Liberdade

Construído no início do século XX e após ter sido a sede do gabinete de 42 prefeitos e do Museu Paranaense, o prédio da antiga Prefeitura de Curitiba foi restaurado pelo Sistema Fecomércio Sesc Senac e passa a abrigar a...
(41) 3234-4200
Avaliação:
Total de votos: 4136