Movidos pela paixão do carnaval

Movidos pela paixão do carnaval

O carnaval curitibano tem duas campeãs em 2012: Mocidade Azul e Acadêmicos da Realeza. O resultado saiu na tarde deste domingo no Memorial de Curitiba, depois de confusão e muita emoção na reta final da disputa. Em segundo lugar ficou a escola Leões da Mocidade, seguida pela Embaixadores da Alegria, terceira colocada, e pela escola Os Internautas, quarto lugar.

A disputa do Grupo A foi precedida pelo julgamento do Grupo de Acesso, envolvendo as escolas Unidos de Pinhais e Unidos do Bairro Alto, que levou a melhor e se classificou entre as seis escolas que desfilarão em 2013 no Grupo A, já que nenhuma agremiação do grupo principal foi rebaixada, o que só aconteceria caso alguma descumprisse as regras ou tivesse somatória geral menor que sete.

Após o resultado do grupo de acesso, começaram a divulgação das notas do Grupo A. Já no segundo quesito, samba enredo, membros da escola Embaixadores da Alegria se indignaram com as notas e invadiram o Teatro Londrina, protestando contra a Fundação Cultural de Curitiba. Da Cruz, um dos puxadores da Embaixadores, mostra a opinião da escola:

“Todas as escolas estão de parabéns. Mas a Fundação Cultural de Curitiba não tem capacidade nenhuma de selecionar um jurado descente. Em termos de estrutura a nota é dez, mas precisamos de um júri qualificado, que entenda o que é o carnaval.” 

Após a confusão, membros das escolas conversavam entre si, questionando as notas que segundo eles, são orientadas muito pela subjetividade dos jurados. A Fundação Cultural de Curitiba fez questão de lembrar que a os jurados são soberanos, e que todas as escolas concordaram previamente com as regras estabelecidas para a disputa. Bárbara Murden, presidente da campeã Acadêmicos da Realeza, criticou a atitude:

“Acho uma grande besteira, um grande decréscimo para o carnaval curitibano. A nota que foi aberta foi dada sábado, durante o desfile. O desfile foi lindo! O carnaval tem que ser um grande espetáculo para quem está na arquibancada. O resultado vem dentro do teu mérito, não existe segredo. Sempre teremos apenas uma campeã.” 

Crédito: Diogo Woiczack

A declaração mostra a surpresa que foi o resultado. Na reta final, faltando apenas dois quesitos para o fim da apuração, a Realeza passou meio ponto à frente da Mocidade, que disputava o bicampeonato. Depois de algumas notas anuladas por rasura e pela falta de justificativas dos jurados, o quesito Ala das Baianas definiria a campeã. Na nota do último jurado, a Mocidade empatou a disputa, e o furor foi inevitável.

O regulamento previa o sorteio de quesitos para o desempate. Após alguns minutos de tensão a comissão organizadora decidiu por bem dividir o título, que foi recebido com um misto de alegria, incerteza e resignação. Para a diretoria da Mocidade, caso houvesse o sorteio dos quesitos, a probabilidade do título era de 60%. Para a Realeza, caso não houvesse anulação das notas,  a escola se sagraria campeã absoluta. Rivalidades à parte, Ricardo Garanhani, carnavalesco da Mocidade Azul, diz que o importante mesmo “é a festa para a cidade. Não faço o carnaval para o júri, faço o carnaval para Curitiba.”

A Mocidade Azul defendeu o título conquistado em 2011 com o samba enredo que comemorava os 40 anos da escola sediada no Fazendinha. Última a se apresentar, deixou a avenida com gritos de bicampeã. A Acadêmicos da Realeza conquistou a platéia com seu enredo sedutor, que versava sobre as delícias do chocolate. Com carros e fantasias muito bem produzidos, deu exemplo do profissionalismo que todas as escolas do grupo principal têm buscado.

Apesar da simplicidade perante o carnaval faixa-preta do Rio de Janeiro, as escolas de samba de Curitiba estão evoluindo, mostrando que o carnaval é movido pela paixão, pelo empenho de seus membros que trabalham o ano inteiro pelo momento da avenida. A festa foi bonita e não será o incidente inspirado pela mera competição que afetará esse mérito. No desfile da Cândido de Abreu é visível a essência do carnaval, que é a festa do povo, sem restrições. E ela acontece, basta que se dê uma chance.    

Não sabe onde ir hoje?

Av. Manoel Ribas, 108 Alto São Francisco
Curitiba , PR

92º Underground Pub

RENDA-SE CURITIBA! O 92Graus está de volta e fervendo na pista.   Chegamos aos 20 anos de atividades, com aquela energia que todo jovem tem para seguir em frente, com bastante alegria e entusiasmo, divulgando e...
(41) 3045-0764
Avaliação:
Total de votos: 6133