Edição de março do Cândido discute a nova literatura curitibana

Edição de março do Cândido discute a nova literatura curitibana

Nos últimos anos, um grande volume de lançamentos editoriais e uma profusão de eventos têm agitado a cena literária curitibana. No mês em que a cidade completa 319 anos, Cândido, publicação mensal da Biblioteca Pública do Paraná (BPP), dedica sua capa aos novos escritores curitibanos. A jornalista Mariana Sanchez ouviu escritores e jornalistas que falaram sobre o momento vivido pela literatura da cidade, seus dilemas e problemas, como a falta de um circuito comercial de editoras.

Outro traço marcante da literatura local, como o gosto pela experimentação, também é discutido em matéria que analisa a literatura feita por Manoel Carlos Karam, Jamil Snege, Wilson Bueno e Valêncio Xavier, símbolos da escrita curitibana.

A edição também traz conteúdo especial sobre os 155 anos da BPP, contando a trajetória da instituição e sua importância histórica no cenário cultural paranaense. Milton Hatoum, que fechou o projeto “Um Escritor na Biblioteca” em 2011, discorre sobre sua obra e o começo de sua carreira. Na seção Perfil do Leitor, o compositor e musicólogo Harry Crowl fala sobre o prazer de ler em diversas línguas. Completam a edição inéditos de Thiago Tizzot e Ivan Justen Santana.

Serviço

O Cândido tem tiragem mensal de cinco mil exemplares e é distribuído gratuitamente na Biblioteca Pública do Paraná e em diversos pontos de cultura de Curitiba. Também é possível conferir a versão online do jornal no seguinte endereço: http://issuu.com/bibliotecapr

Fonte: Biblioteca Pública do Paraná

Não sabe onde ir hoje?

Rua Trajano Reis, 443 Centro Histórico
Curitiba , PR

Restaurante Alberto Massuda

Alberto Massuda Nascido no Cairo, Egito, em 1925, Alberto Massuda veio com 33 anos para o Brasil e fixou residência em Curitiba. Em 1958 naturalizou-se brasileiro. Antes de sua chegada, cursou Belas Artes no Egito e...
(41) 3076-7202
Avaliação:
Seu voto foi 2. Total de votos: 6982