Companhia Brasileira de Teatro faz curta temporada de Vida

Companhia Brasileira de Teatro faz curta temporada de Vida

A idéia da vida como transformação. Este é um dos pontos de partida da companhia brasileira de teatro em seu novo espetáculo, “Vida”. A montagem, que teve estréia nacional na Mostra 2010 do Festival de Curitiba, ganha em abril temporada no Teatro José Maria Santos.
“Vida” traz para a cena o resultado de um longo e profundo período de pesquisas sobre a obra do poeta curitibano Paulo Leminski. A peça não é a adaptação de uma obra literária, mas sim um texto original escrito a partir da experiência de leitura e de convivência criativa com os textos do autor e suas referências.

O ponto de partida para iniciar a abordagem criativa sobre a obra do poeta foi a leitura do livro Vida, uma reunião de quatro ensaios biográficos escritos em épocas diferentes sobre figuras históricas de alta relevância poética, política e cultural. Personagens que, cada um em seu tempo, foram exemplos de vidas extremas, responsáveis por rupturas sociais e marcadas pelos signos da superação e da transformação.  São eles Jesus Cristo, Bashô, Trotski e Cruz e Souza.

O enredo de Vida é simples. Exilados numa cidade imaginária, dois homens e duas mulheres fazem parte de uma banda que ensaia para uma apresentação comemorativa do jubileu da cidade. Fechados numa sala vazia, convivem entre si e revelam comportamentos, relações, conflitos e histórias. Erupções de suas vidas prosaicas, repletas de humor, sensibilidade e um sentido de transformação.

Dando continuidade às atividades ao redor da obra de Paulo Leminski, a companhia iniciou 2009 com a criação do espetáculo propriamente dito. Mais um ano de trabalho decorreu, até a criação de “Vida”. O texto final é de Márcio Abreu, mas contou com processo colaborativo de todo o elenco, formado por Giovana Soar, Nadja Naira, Ranieri Gonzalez e Rodrigo Ferrarini.

Serviço:
Vida
local: Teatro José Maria Santos
endereço: Rua Treze de Maio, 655
temporada: 1 de abril a 2 de maio de quinta a domingo
sessões: Quinta, sexta e sábado 20h e domingos 19h.
valor: R$ 20 e R$ 10 meio
duração: 90 minutos.
classificação: 14 anos

Ficha Técnica:
texto e direção: Marcio Abreu
dramaturgia: Giovana Soar, Marcio Abreu e Nadja Naira
processo colaborativo: Giovana Soar, Nadja Naira, Marcio Abreu, Ranieri Gonzalez e Rodrigo Ferrarini
elenco: Giovana Soar, Nadja Naira, Ranieri Gonzalez e Rodrigo Ferrarini
músico: Gustavo Proença
trilha sonora: André Abujamra
preparação vocal: Babaya
cenário e figurino: Fernando Marés
iluminação: Nadja Naira
assistente de iluminação e produção: Erica Mityko
arte gráfica: Solda
design gráfico: Adriana Alegria
tradução dos textos: Anna Podlesna Guarize, Irina Starostina
produção executiva: Cássia Damasceno
contra-regra e estagiário de produção: Rodrigo Hayalla

Fonte: Assessoria Companhia Brasileira de Teatro

Não sabe onde ir hoje?

Rua Trajano Reis, 443 Centro Histórico
Curitiba , PR

Restaurante Alberto Massuda

Alberto Massuda Nascido no Cairo, Egito, em 1925, Alberto Massuda veio com 33 anos para o Brasil e fixou residência em Curitiba. Em 1958 naturalizou-se brasileiro. Antes de sua chegada, cursou Belas Artes no Egito e...
(41) 3076-7202
Avaliação:
Seu voto foi 1. Total de votos: 7150