A Queda volta aos palcos de Curitiba em nova montagem

A Queda volta aos palcos de Curitiba em nova montagem

O ator e diretor Mauro Zanatta resolveu dar nova vida a uma de suas principais produções. No dia 14 de junho, ele volta a interpretar o advogado João Batista, personagem criado por Albert Camus para o romance “A Queda”. O espetáculo ficará duas semanas em cartaz no Mini Auditório do Teatro Guaíra.

Foi por esse monólogo que Mauro Zanatta recebeu o Troféu Gralha Azul de Melhor Ator, em 2006. A nova montagem, no entanto, terá várias mudanças em relação à anterior. "Antes eu tive a intenção de levar o livro para o palco. Era praticamente um resumo do livro, o que dificultava bastante o diálogo com a plateia. A adaptação atual se concentra na comunicação com o público. É mais direta", explica o ator.

O resultado é fruto de uma parceria de longa data com Flávio Stein, responsável pela direção do espetáculo. A dupla já havia dividido esforços em trabalhos como "Esperando Godot", de Samuel Beckett, além de diversos projetos de leituras. "A Queda era um desejo de colocar o nosso trabalho novamente no mesmo trilho. Hoje podemos dizer que encontramos um diálogo muito bom", conclui Mauro.

A perspectiva da nova versão está centrada na figura de um homem que dialoga com o público. João Batista é a representação do Homem contemporâneo que, ao falar consigo mesmo, pensando alto, fala com o outro, com a plateia. O personagem questiona o mundo e como nos relacionamos uns com os outros, aceitando e assumindo que suas experiências de vida o transformam. A montagem coloca em primeiro plano o texto, o discurso deste Homem, com suas ironias, descobertas, crueldade e inseguranças, apresentando aquilo em que se tornou.

O retorno de Mauro Zanatta aos palcos após dedicar-se à direção e à administração de sua Escola do Ator Cômico acontece em um momento muito especial. Além de ter completado 50 anos de vida em 2011, há exatos 30 anos ele largava a Engenharia Mecânica para iniciar sua carreira no teatro. "Decidi que ao fazer 50 anos, começaria a me dedicar, em primeiro plano, à escolha de ser ator. Espero ter ainda mais 30 anos pela frente para curtir o que aprendi nos últimos 30. O aprendizado continua", reflete.

A nova adaptação do livro de Camus também não poderia ser em uma época mais propícia. Em 2013, o escritor completaria 100 anos de idade. E foi justamente após o lançamento de “A Queda” que o autor recebeu o Prêmio Nobel de Literatura, em 1957. O objetivo de Mauro e sua equipe é levar o monólogo para eventos de teatro e literatura pelo Brasil ao longo do próximo ano, celebrando o centenário do argelino.

Serviço

"A Queda"
De 14 a 24 de junho, de quinta-feira a sábado, às 21; domingo, às 19h
R$ 30 e R$ 15 (meia)
Mini Auditório do Teatro Guaíra
Rua Amintas de Barros, s/n – Centro

Fonte: Fineza Comunicação e Cultura

Não sabe onde ir hoje?

Rua Trajano Reis, 443 Centro Histórico
Curitiba , PR

Restaurante Alberto Massuda

Alberto Massuda Nascido no Cairo, Egito, em 1925, Alberto Massuda veio com 33 anos para o Brasil e fixou residência em Curitiba. Em 1958 naturalizou-se brasileiro. Antes de sua chegada, cursou Belas Artes no Egito e...
(41) 3076-7202
Avaliação:
Seu voto foi 1. Total de votos: 7140